Paris em 3 Dias

Como vem sendo hábito, no Natal a nossa prenda é uma viagem. Normalmente conseguimos bons preços de viagens nas empresas low cost. Neste caso compramos Ida e Volta de Porto para Paris (Beauvais) por 34.95 por pessoa.

A viagem foi fantástica apesar dos imprevistos no regresso a casa.

DIA 1

  • 03:00 – Hora de acordar e preparar tudo para irmos para o aeroporto
  • 04:00 – Saimos de casa em direção ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro
  • 04:45 – Chegamos ao Aeroporto paramos no terminal das chegadas onde um funcionário da empresa PARKEVOA veio buscar o nosso carro, e por apenas 5.5€ por dia o carro fica no parque deles. Fica mais barato do que estacionar nos parques da ANA, mais próximos do Aeroporto e acaba por ser muito mais cómodo.
  • 07:00 – O avião levanta voo em direção ao nosso destino de fim de semana.. Paris
  • 10:00 – Depois de uma viagem relativamente traquila mas com alguma turbulência chegamos a Beauvais.
  • Em cerca de 5 minutos saimos do aeroporto e apanhamos o tramsfer que tinhamos comprado no Site do Aeroporto por 15.50€ para cada lado e por pessoa.
  • Demoramos cerca de 1:10min a chegar a Paris, a Porte Maillot.
  • Seguimos então de Uber para o nosso fantástico Hotel Louison, fantástico em tudo até na localização. Escolhemos Uber pelo preço mais barato do que o Taxi (Taxi 20€ – Uber 12.50) e porque nos vão buscar onde estivermos. Esta ainda mau tempo, bastante chuva, outro motivo para não termos ido de transportes públicos.
  • Chegados ao Hotel Louison fomos recebidos de uma forma extremamente calorosa, como ainda era cedo de mais, deixamos as malas, e quando solicitamos ajuda sobre o local mais próximo para comprar um “parapluie” (foi das primeiras novas palavras a aprender eheheh) emprestaram-nos dois completamente novos.
  • 12h30 – Saímos do Hotel e fomos á procura de sítio para almoçar, perto do Hotel para depois regressarmos e efetuarmos o check in. Encontramos o Le Bistrot Landais onde almoçamos bem e recomendamos, posteriormente iremos efectuar um report sobre o mesmo.
  • No final do Almoço efectuamos o check-in no Hotel e decidimos que a primeira coisa a visitar seria o ícone de Paris, a Torre Eiffel . Fomos novamente de Uber, e chegados lá passamos pela segurança e entramos na zona envolvente á Torre Eiffel. Dirigimo-nos ás bilheteiras, compramos bilhetes para o Sommet (O último piso da Torre), 17€ por pessoa. Não havia muita fila, talvez por estar a chover. Entramos no elevador e subimos diretamente ao 2º andar. Achei interessante o facto de que apesar de ter medo de alturas, não foi nada complicado subir pelo elevador. Apesar de ter janelas e uma vista fantástica não provocou sensação de medo. Saímos no 2º piso e aproveitamos para apreciar a beleza da Torre, os detalhes arquitetónicos e de engenharia, e claro para tirarmos fotos. Seguidamente entramos no outro elevador para o Sommet. Aí já senti um pequeno frio na barriga e por momentos não consegui olhar pelo vidro, mas a subida foi tão suave e tranquilo que esse receio acabou por se esfumar. Saímos então no Sommet da Torre Eiffel e aí pudemos apreciar uma paisagem de uma beleza fantástica… Apesar do frio ser tanto que sentiamos cortes na pele foi uma experiência extraordinária.
  • Quando saímos da Torre vimos parar o Big Bus um dos autocarros panorâmicos que dão a volta a Paris. Viajamos em cima na parte frontal do autocarro onde conseguimos conhecer muito desta fantástica cidade. Os bilhetes não são baratos…São 33€ por pessoa e por dia, como compramos os bilhetes as 17h30 dariam também para o dia a sgeuir. No preço esta incluído uns auriculares que ligamos ás fichas do autocarro selecionando a linguagem do “guia virtual” como não tinhamos português escolhemos Espanhol. Durante a viagem começou a chover, deu para vermos grande parte do que queriamos, e ainda arriscamos estar no topo do autocarro com guarda-chuva, já que no interior não se tem o mesmo campo de visão. Saímos da Torre Eiffel, passamos nos Champ de Mars, na magnífica Opera Garnier, no Louvre, no Petit e no Grand Palaise descemos na Notre Damme.
  • 18:20 – Saímos em frente á Notre Damme ficando maravilhados com a imponência da catedral.
  • Lanchamos um magnífico crepe no Quasimodo Notre Damme
  • Saímos de lá e dirigimo-nos ás lojas de recordações que existem ao lado.
  • Seguidamente recolhemo-nos ao Hotel para nos recompormos devido ao frio e chuva que apanhamos. Mais uma  vez fomos de Uber.
  • 20:30 hora de jantar. Fomos passseando pelas ruas de Paris e acabamos por escolher o McDonalds para jantar.
  • É tempo de voltar ao Hotel e descansar para um novo dia a descobrir as maravilhas de Paris.

DIA 2

  • 08:30 – Hora de acordar e prepararmo-nos para um dia de novas experiências.
  • 09:30 – Tomamos um excelente pequeno almoço no Hotel Louison e seguidamente apanhamos um Uber para irmos novamente á descoberta de Paris.
  • 10:00 – Estavamos em frente á Notre Damme , uma das mais antigas catedrais de França, marcadamente Gótiga apesar da construção se ter iniciado em 1163. Ficamos completamente rendidos á beleza, majestosiade e imponência desta catedral. Entramos em 1 minuto já que a fila para a entrada era mínima. E uma surpresa foi o facto de não se pagar para a visita. Durante a visita estava a decorrer uma missa.
  • Decidimos continuar a pé pelas margens do Sena , atravessamos a Pont Des Arts que já não tem os cadeados, foram retirados por razões de segurança.
  • Continuamos a nossa caminhada, passamos pelo Museu do Louvre, tiramos as famosas fotos da praxe, mas não fizemos a visita. Existia uma fina interminável e o noso tempo em Paris estava contado.
  • Seguimos pelos Jardins des Tuileries, Praça da Concórdia e a Roue de Paris a roda gigante.
  • Fomos caminhando para ir até aos Bateaux Mouches mas a chuva e o frio detiveram-nos junto á Ponte Alexandre III. Apanhamos um Uber e regressamos ao Hotel para nos aquecermos e restabelecer desta jornada.
  • 13.30 –  Hora de almoçar, fomos ao Bistro Burger onde comi seguramente o melhor hamburger de toda a minha vida…
  • 14:30 – Dando seguimento á nossa jornada po Paris, fomos ao Sacré Coeur em Montmartre. Aproveitamos e passeamos no bairro típico onde pudemos ver as pastelarias mais variadas assim como casas típicas
  • De seguida fomos ás Galeries Lafayette Haussmann  onde se pode encontrar das mais variadas, famosas e caras marcas principalemte ligadas á Moda e Cosmética.
  • 16:30 – Á saída e no caminho a pé encontramos a loja da Lindt onde nos deliciamos com um chocolate quente fantástico.
  • De seguida passamos na Ópera Garnier que se encontrava fechada para nossa tristeza. Contemplamos o exterior deste fantástico edifício do Neobarroco.
  • Fomos passeando pelas ruas circundantes e regressamos ao Hotel Louison.
  • Durante a viagem de Uber até ao Hotel recebemos mensagem da Ryanair a cancelar o voo do dia a seguir devido á greve dos controladores aéreos Franceses. Ficamos um pouco atrapalhados mas só poderiamos resolver a situação no dia seguinte pois o Live Chat da Ryanair já estava encerrado.
  • Com todo este stress e precupação, aliado ao frio e chuva que apanhamos durante o dia, juntando ainda o facto de termos andado vários quilometros a pé, acabamos por ir busca uma pizza a um take away perto do hotel e jantar no próprio Hotel.

DIA 3

  • 07:30 – Acordamos cedo para tentarmos resolver a situação do nosso voo. Adoramos Paris e não nos importavamos de lá ficar, não fosse o facto da nossa filhota ter ficado em Portugal
  • 08:00 – Pelo Live Chat da Ryanair deram-nos a indicação que o voo seria então cancelado e arranjaram-nos dois lugares para o voo do dia seguinte ás 10:15 da manhã, apesar de tudo parecia uma solução até agradável já que unicamente iriamos dormir mais uma noite e a hora do almoço já estaríamos em casa com a nossa filhota.
  • 09:30 – Com esta situação resolvida (pensavamos nós) tomamos um excelente pequeno almoço no Hotel Louison, algo que era habitual já e seguidamente apanhamos um Uber para irmos novamente á descoberta de Paris. Fizemos o check-out e deixamos as nossa malas.
  • O nosso primeiro objetivo seria visitar o Palácio de Versalhes, mas não o pudemos fazer pois está fechado á segunda feira. Foi algo que não tinhamos planeado, até porque queriamos primeiramente ver tudo de Paris e se sobrasse tempo, aí sim iriamos a Versalhes.
  • O outro objetivo do dia seria ir comprar a prenda para a nossa filhota. Fomos ás Galeries Lafayette Haussmann e não econtramos o que pretendiamos fomos assim a uma loja de brinquedos em RIcheliei-Drouot onde encontramos o que pretendiamos.
  • Em seguida e deambulando pelas ruas de Paris encontramos o Museu do Perfume. Ao início fiquei um pouco relutante, mas a visita foi fantástica para além de ser grátis. Aconselhamos a toda a gente a visita a este museu. Ficam a conhecer a história do perfume entre muitas outras coisas.
  • 16:00 – Depois de muito passear decidimos regressar á zona de Saint Michel Notre Damme pois tinhamos visto muitos e bons restaurantes. Decidimos entrar no restaurante Maison Blanche um local pitoresco mas agradável e com comida divinal.
  • Seguidamente fomos ao Hotel Louison buscar as malas para nos dirigirmos a Beauvais já que teriamos voo no dia seguinte (assim esperavamos nós).
  • 18:00 – Como estavamos apreensivos relativamente ao voo, antes de partirmos para Beauvais de transfer, contactamos a ryanair pelo chat que nos informou que o voo estaria ok. Decidimos ir para Beuavais pois como o voo era de manhã cedo, assim estavamos já perto do aeroporto e não teríamos de acordar tão cedo.
  • 18:30 – Apanhamos o transfer, e contra as indicações que tinhamos recebido da Ryanair, pouco antes de chegarmos a Beauvais recebemos mensagem a dizer que o voo teria sido novamente cancelado… Ficamos á toa, sem saber o que fazer…
  • Com a calma possível dirigimo-nos ao Aeroporto para falar com a Ryanair. Disseram que devido a greve até sexta feira (ainda era segunda) não nos garantiam voos… O melhor seria ir apanhar um voo á Bélgica devido á greve dos controladores aéreos em toda a França.
  • Apanhamos um Taxi e dirigimo-nos para o Hotel F1 Beauvais, quando o reservamos pelo Booking sabiamos que não era um Hotel luxuoso, mas mesmo assim ficamos muito surpreendidos pela negativa ao chegar ao hotel. O hotel ficava longe do Aeroporto e numa zona industrial, gastamos 20.60€ de Taxi para lá chegar. Chegados lá… Era muito mau… Muito mau ambiente… Trasmitia uma enorme sensação de insegurança… O Quarto era minúsculo. O chao fazia imenso barulho, não podiamos andar a pé no quarto de fazia um barulho enorme. A mesa do quarto estava queimada de cigarros. Parecia mesmo os motéis de beira de estrada que costumamos ver nos filmes onde são todos assassinados… lol Foi uma experiência muito má… Enquanto estavamos no Hotel começamos a ligar para os nossos contactos a tentar arranjar alternativas para regressarmos a Portugal… Com ajuda de amigos e da agência de viagens Nortur aos quais desde já agradecemos decidimos de manhã cedo regressar a Paris e apanhar um autocarro de regresso a Portugal…
  • Tentamos adormecer… mas não era fácil…

DIA 4 

  • 07:00 – Saímos do Hotel…daquele pesadelo. E apanhamos um Uber para o Aeroporto. De notar é a diferença abismal entre preços… 20.60€ de taxi e cerca de 12.00€ de Uber para o mesmo percurso…
  • 07:30 – Tomamos o pequeno almoço na Starbucks do exterior do aeroporto de Beauvais, apanhamos o Transfer e fomos para Paris.
  • Durante a viagem contactamos a Eurolines pelo telefone e conseguimos reservar os dois ultimos bilhetes para Portugal com partida de Versalhes.
  • Dirigimo-nos a Versalhes onde almoçamos e ás 14:15 começou a nossa viagem para Portugal que podem acompanhar AQUI
  • Ás 11:30 chegamos finalmente a casa 🙂

    Adoramos Paris…
    Visitem…
    Paris é mágico 😉

    Até breve,

    OurTripReports
    OURTRIPREPORTS
    FACEBOOK
    INSTAGRAM

2 thoughts on “Paris em 3 Dias

Add yours

  1. Olá 🙂 Conheci por acaso o vosso blog, e digo-vos apaixonei-me pelo lindo trabalho que estão a fazer.
    Gostaria de perguntar se tem algum sitio em especifico que falem do custo das viagens. Obrigada

    Gostar

    1. Ola Xana,

      Antes de mais obrigado por nos seguir e pelo elogio ao nosso trabalho 🙂

      Relamente não temos falado no custo das viagens, e achamos um bom mote para iniciarmos um artigo.

      Neste caso, de Paris, é uma viagem que normalmente não fica muito cara, dependendo do que pretendermos.

      A viagem de avião custou 34.95€ ida e volta por pessoa, mais 14€ de transfers.

      O Hotel teve um preço especial devido ao patrocinio, mas conseguem-se preços muito em conta.

      A alimentação para quem quer aproveitar a gastronomia Parisiense (e acho que vale bem a pena pois é das melhores coisas de Paris) é que não é muito barata. Mesmo relativamente a Menu’s diários fica sempre acima de 15/20€por pessoa.

      Mais uma vez, Obrigado 🙂

      Joana e Gonçalo,

      OurTripReports

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: